• Dr. Artur Vasconcelos

COMO ENCONTRAR A MELHOR CARNE



UM PROBLEMA MODERNO

Carnes, ossos e vísceras cruas são a base da dieta bioapropriada de cães e gatos. São os alimentos mais facilmente assimilados por essas espécies, consideradas carnívoras.

Infelizmente, hoje temos uma grande dificuldade para encontrarmos as diversas partes de um animal, porque nós mesmos paramos de consumir os cortes “menos nobres”.


Dietas pouco variadas podem ser nutricionalmente incompletas.

Outro detalhe não menos importante é como os animais de criação são tratados atualmente, com dietas inapropriadas e mantidos em ambientes insalubres, o que coloca em risco a qualidade da carne e a saúde dos animais alimentados com ela.

FRANGO

Ao contrário do que muitos acreditam, a maioria dos cães e gatos tolera muito bem a carne de frango. É uma espécie facilmente encontrada, barata e que oferece ossos carnudos seguros para indivíduos de tamanhos variados.

Infelizmente, as condições de criação industrial de aves de abate não são as melhores. Mas já é possível encontrar, a preço acessível, frangos criados sem promotores de crescimento (antibióticos) e transgênicos (potencialmente contaminados com o herbicida glifosato).


Prefira sempre a compra de aves congeladas, o que garante melhor qualidade microbiológica.

BOVINO

A maior parte do gado bovino brasileiro é criado à pasto, sem uso de grãos e hormônios, considerada uma das carnes de melhor qualidade no mundo. O preço da carne muscular e tamanho dos ossos podem ser proibitivos, mas o investimento é muito válido.

Uma forma de economizar com a carne bovina é procurar por cortes mais baratos, como vísceras musculares (coração, língua e estômagos), e incluí-las em maior proporção na dieta. Ossos recreativos e couro bovino cru também são adições valiosas.

SUÍNO

Infelizmente, a maior parte da carne suína no país vem da pecuária industrial. Além dos mesmos problemas encontrados em aves (antibióticos e transgênicos), é comum o uso de hormônios e as condições de bem-estar dos animais é, no mínimo, questionável.

Pessoalmente, recomendo um uso restrito de suíno da dieta de carnívoros domésticos. Antes um pilar importante da segurança alimentar em muitas regiões brasileiras, a suinocultura extensiva é hoje inexpressiva ou inexistente. Como consumidores, temos um importante papel ao exigir melhores práticas, para uma carne mais ética e saudável.

PEIXES

Nem sempre considerada, a oferta de peixes é uma forma muito interessante de incluir presas inteiras e selvagens na dieta de cães e gatos, o que é cada vez mais difícil de fazer nos grandes centros.

Sardinhas, manjubas e cavalinhas estão entre as carnes mais baratas que podem ser encontradas em um mercado, tem alto valor nutricional e são menos contaminadas por PCBs e metais pesados que espécies maiores.

Outra forma de economizar é procurar por cabeças e vísceras de peixes em peixarias, que podem ser ganhadas ou compradas por centavos.


FEITO MELHOR QUE PERFEITO

É muito legal ter acesso a carnes de pequenos produtores, em variedade de cortes, e de animais criados de forma sustentável. Mas não é a realidade da maioria das pessoas que vivem em cidades.

Felizmente, uma dieta composta por 3 ou 4 espécies diferentes, com cortes encontrados em qualquer supermercado, já é muito superior a uma ração. Além de vegetais não desejáveis, como milho e soja, este alimento industrializado inclui justamente aquela carne que não tem qualidade satisfatória para consumo humano, muitas vezes de animais doentes ou potencialmente contaminada.


Não se esqueça também de cadastrar seu email para receber informações de novos conteúdos, palestras, cursos e livros, assine em www.arturvasconcelos.com.br



10 visualizações

Consultas

Para agendamentos de consultas com o médico veterinário Artur Vasconcelos:

 

Clinica Veterinária MedVet:

(31) 3495-2234

 

Clinica Veterinaria VetHealing:

(31) 2516-4994 / 99916-4994

  • Branca Ícone Instagram

arturvasconcelos.vet

ENTRE EM CONTATO

© 2019